"O MAL SÓ TRIUNFA QUANDO OS HOMENS DE BEM NADA FAZEM". Edmund Burke.

sexta-feira, 4 de abril de 2014

O que você deve saber sobre a circuncisão. Melhor ter um pênis cut ou uncut?

Se tem uma coisa que a grande maioria dos homens gays dá importância, é se o pênis do companheiro é ou não circuncidado. Já escrevi um post aqui falando do estado "cut" e "uncut" dos pênis 
(http://uroblogay.blogspot.com.br/2013/10/cut-ou-uncut-o-que-essas-palavras-em.html). E hoje vou divulgar uma informação importante que levará os homens não circuncidados, a refletir sobre a higiene peniana.

Nos Estados Unidos é muito comum os recém nascidos passarem pela circuncisão e assim, a maioria dos homens são circuncidados. O mesmo acontece em situações religiosas, como é o caso dos judeus e muçulmanos. Já os outros povos, latinos por exemplo, só passam pela circuncisão se há a doença de fimose.

Vem sendo observado nos Estados Unidos uma diminuição na taxa dos recém nascidos que são submetidos à circuncisão. Nos anos 60 a taxa de recém nascidos submetidos à circuncisão era de 83% e nos anos 70, essa taxa caiu para 77%.

E o que isso acarretou? Um aumento na incidência de algumas doenças. Os pesquisadores concluíram que metade dos homens que não foram circuncidados, apresentarão alguma infecção em suas vidas, relacionadas à presença do excesso de pele (conhecida como prepúcio).

Cientistas comprovaram que nos pacientes não circuncidados, as taxas de infecção por bactérias e vírus, doenças sexualmente transmissíveis e até mesmo o câncer de próstata, tendem a ser mais elevadas.

Mas é importante realçar, que esse aumento da taxa tem relação com uma higiene deficiente do pênis. Então o alerta é o seguinte: você é uncut? Ou seja, não foi circuncidado? Capriche na higiene do seu pênis diariamente, principalmente após uma ejaculação. Nada de limpar a sujeira com um lenço ou papel e lavar o pênis horas depois. Leia também um post que comenta sobre hábitos saudáveis no caso das relações sexuais sem preservativos (http://uroblogay.blogspot.com.br/2013/10/cuidados-com-o-penis-numa-relacao-sem.html), muito comuns em casais monogâmicos, se é que existe algum.