"O MAL SÓ TRIUNFA QUANDO OS HOMENS DE BEM NADA FAZEM". Edmund Burke.

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Não se deixe ser humilhado por um médico homofóbico!

Hoje vou escrever sobre um assunto muito delicado: homofobia na Medicina. E se escrevo, é poque tenho relatos diversos de atitude de homofobia citados pelos meus pacientes.

No Brasil homofobia é crime, mas alguns colegas médicos parecem desconhecer isso ou no alto do pedestal da profissão, se consideram aptos a dar conselhos e repreender pacientes pela orientação sexual que têm, imunes a qualquer retaliação.

O médico tem que estar pronto para ouvir sua queixa, colher informações, te examinar com todo o respeito como qualquer paciente merece e depois, conversar contigo, expondo hipóteses de diagnóstico e possíveis tratamentos.

Escuto de pacientes situações em que médicos passam sermão quando eles expõem a orientação sexual. 

Há médicos que mal continuam a conversa e já vão querendo terminar a consulta rapidamente. 

Há outros que fazem insinuações com piadinhas constrangedoras e de mau gosto, na hora de um exame de próstata. 

E há aqueles que já vão logo solicitando exame de HIV, pois acham que todo homem gay é soropositivo para o vírus HIV.

Se você foi, ou se um dia for, vítima de uma atitude como essa, denuncie ao Conselho Regional de Medicina de seu estado. Hoje em dia na maioria das cidades do Brasil há profissionais que irão te atender com o maior respeito e muito preparados com as situações difíceis, particulares do sexo entre homens, que podem acontecer.

2 comentários:

  1. É isso aí muito obrigado!

    ResponderExcluir
  2. Já passei por isso quando fui me consultar com um proctologista.
    Estava com HPV no ânus e ouvi do médico que nós da comunidade LGBT pegamos "essas coisas" porque somos mais promíscuos.
    Nunca mais quis voltar lá...até hoje procuro por um bom proctologista para me acompanhar.

    ResponderExcluir

Registre aqui a sua dúvida, para que eu possa utilizá-la como ideia para um futuro post.