"O MAL SÓ TRIUNFA QUANDO OS HOMENS DE BEM NADA FAZEM". Edmund Burke.

terça-feira, 23 de abril de 2019

Medicamentos e libido.

Às vezes medicamentos de uso contínuo podem afetar a libido do homem. Mas é importante sempre consultar um médico, antes de alterar um tratamento médico por causa disso, até porque hoje já há medicamentos manipulados para evitar esse efeito colateral.

Abaixo, a lista de alguns dos medicamentos, e suas indicações para uso, que podem afetar a libido de um homem:

1) Antidepressivos: incluem os inibidores de captação da serotonina e os tricíclicos.

2) Antipsicóticos: para esquizofrenia e bipolaridade.

3) Benzodiazepínicos: ansiedade e insônia.

4) Betabloqueadores: hipertensão arterial, enxaqueca e glaucoma.

5) Drogas com estrogênio, que é um hormônio feminino.

6) Finasterida: queda de cabelo de padrão genético e aumento benigno da próstata.

Mas fica a dica: não modifique seu tratamento sem orientação médica e não é o fato de você precisar de uma terapia, com alguns dos medicamentos citados acima, que comprometerá a sua libido.

segunda-feira, 8 de abril de 2019

Cafeína e ereções!

Tudo indica que o hábito de tomar café ajuda o homem a ter boas ereções, conforme trabalho que avaliou 3.700 homens entre 40 e 70 anos. Aqueles que tinham o hábito de tomar de 2 a 3 xícaras de café por dia, relataram melhores índices de ereção.

Não se sabe ao certo o porquê disso, mas acredita-se que a cafeína afete o mecanismo de relaxamento dos vasos sanguíneos envolvidos na ereção peniana, tornado-as mais firmes.

Ao mesmo tempo observou-se, que homens com hábito de tomar café descafeinado relataram um pior desempenho sexual, mas não se sabe se o hábito de tomar café sem cafeína, seria decorrente da presença de outras condições clínicas, como Diabetes, Hipertensão Arterial, que também contribuem para uma pior performance sexual.

De qualquer forma, fica a dica: o cafezinho pode contribuir sim, para uma melhor qualidade de ereção, desde que não haja contra-indicações ao hábito ou outras condições clínicas que favoreçam à impotência sexual.