"O MAL SÓ TRIUNFA QUANDO OS HOMENS DE BEM NADA FAZEM". Edmund Burke.

terça-feira, 25 de junho de 2019

Porque às vezes o esperma muda de cor.

Há algumas situações que podem levar à mudança da cor do esperma, que normalmente é branco leitoso. Algumas preocupam e outras não.

O esperma pode ficar vermelho, situação chamada de hemoespermia e causas para isso, são: inflamação, infecção, trauma na próstata no ato sexual, biópsia, aumento da próstata com a idade, são as mais comuns. Na maioria das vezes não há uma causa a se identificar e a situação não costuma ser problemática e se resolve espontaneamente.

Também pode ficar amarelado decorrente de um período longo sem ejacular, DST (doença sexualmente transmitida), icterícia (uma condição de mau funcionamento do fígado que deixa o homem com olhos e pele amarelados), alimentos com corantes.

O esperma esverdeado costuma ser decorrente de DST, inflamação e/ou infecção da próstata (prostatite).

A mudança da cor do esperma pode vir acompanhada de queixas como ardor no canal urinário, saída de secreção pelo canal da urina, febre, calafrios, sangue na urina. Apresentando uma dessas condições, é importante procurar um urologista. Mas muitas vezes em menos de uma semana, se não há nada importante como causa, o aspecto do esperma volta espontaneamente ao normal.


segunda-feira, 3 de junho de 2019

Junho, mês do orgulho gay.

Junho é o mês do orgulho LGBT. É a melhor época para expormos aquilo que fazemos de melhor, pois é o mês em que o Brasil inteiro está antenado à época e portanto, o melhor momento para mostrarmos que somos vitoriosos em muitas coisas. Seja realizando algo para a comunidade LGBT ou não especificamente, mas sendo atuante em prol de alguma boa causa.

Se todas as personalidades da comunidade LGBT pudessem falar sobre suas orientações sexuais sem receio e mostrassem o que de bom fazem, a visão preconceituosa que muitas pessoas têm da comunidade LGBT seria outra. 

Somos muito bons em muitas coisas que fazemos e por isso, respeitados. Mas precisamos mostrar que nossa atuação não depende da nossa orientação sexual e sim dos nossos valores pessoais, da educação recebida e do nosso lado humano de fazer o melhor pelo próximo. As pessoas são agradecidas quando são bem atendidas, bem tratadas e ao fazermos nosso melhor, estaremos influenciando pessoas a olhar para nossa comunidade com maior respeito e agradecimento.

O que fazemos na cama com outra pessoa incomoda muita gente sim, mas pessoas gratas param de se importar com isso e mudam a atitude. É importante que nos engajemos às atitudes que mostrem o lado bom do ser humano LGBT e conseguir o nosso respeito. Esse é um dos motivos por que criei o Uroblogay.