"O MAL SÓ TRIUNFA QUANDO OS HOMENS DE BEM NADA FAZEM". Edmund Burke.

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Cuidado com as uretrites. O Carnaval está chegando e as possibilidades aumentam!

O Carnaval está chegando e as possibilidades para encontros aumentam durante a folia. Por mais que se fale, por mais que se aconselhe, os preservativos muitas vezes não são usados de forma correta e uma das consequências desse descuido, é o aparecimento das uretrites. E o que é uma uretrite? É uma inflamação, muitas vezes associada a uma infecção, que ocorre na uretra (canal por onde sai a urina). No caso do homem com pênis normal, a uretra acompanha todo o trajeto do órgão.

Como mostra a foto abaixo, a saída de secreção pelo canal urinário é uma das primeiras queixas do homem acometido pela uretrite. O ardor para urinar também está presente. Esse corrimento pode ser desde uma pequena gota, até mesmo um fluxo contínuo e abundante.


As uretrites são causadas por agentes infecciosos, sendo as bactérias as maiores responsáveis pelas doenças. Essas bactérias encontram-se em locais que quando o pênis penetra, fica sujeito a ser contaminado e logo os sinais e sintomas aparecem. A uretrite mais conhecida é a gonorreia e embora a maioria dos homens se refira às uretrites como gonorreia, nem sempre são os gonococos (agentes infecciosos que causam a gonorreia) os responsáveis. Já falei também nesse blog numa outra ocasião, sobre as infecções por Clamídia (http://uroblogay.blogspot.com.br/2014/01/clamidia-uma-bacteria-pouco-conhecida.html ).

No caso do homem gay, ao se descuidar do uso do preservativo, as regiões do ânus, da boca e da garganta são os focos para a contaminação. E embora muitos homens gays já saibam dos riscos de receber sexo oral sem preservativo, há muitos que ainda desconhecem essa informação.

Mas preste atenção nessa foto abaixo e CUIDADO COM O SEXO ORAL:  


O leitor consegue visualizar a possibilidade de ter o pênis contaminado caso receba sexo oral desprotegido de um parceiro nessa situação? É dessa forma que uma cavidade oral pode se apresentar no caso de uma infecção, até mesmo causada por uma gripe no seu companheiro de vida.

E como se trata uma uretrite? Na maioria das vezes é necessário uma terapia com antibiótico, sendo a azitromicina uma das drogas que, em dose única, consegue curar 90% das uretrites. Mas a medicação precisa de receita médica para ser adquirida.

Então, um bom Carnaval para todos e lembrem-se do uso de preservativos!!!

terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Balanopostite: uma inflamação no pênis que assusta.

Recebo com muita frequência neste blog, perguntas relacionadas a processos de inflamação e irritação no pênis. Hoje vou escrever novamente sobre balanopostite, que é justamente isso: uma irritação com vermelhidão, muitas vezes associada a ardor e coceira local, que acomete a região da glande do pênis, assim como a pele que o recobre (prepúcio) nos pênis uncut e pode se estender para todo o pênis. Também pode cursar com a presença de secreção, descrito pelos pacientes como pus.


A foto ao lado ilustra como que na maioria das vezes o pênis fica, quando acometido pela balanopostite. Muitas vezes podem se formar áreas mais localizadas de vermelhidão e outras, uma forma mais generalizada.

E o aparecimento pode ser súbito, ou seja, o paciente pode ir dormir com o aspecto do pênis normal e acordar no dia seguinte já com o órgão inflamado.

E o que causa a balanopostite no homem gay?

1) Condições anatômicas, como o caso dos pênis uncut, favorecem ao aparecimento. É importante se preocupar com a higiene do pênis, principalmente após um ato sexual quando não se utiliza mais o preservativo.

2) Praticar sexo sem proteção e expor-se às infecções sexualmente transmissíveis, tanto no sexo com penetração anal como ao receber sexo oral.

3) No caso do homem gay que pratica a penetração anal sem preservativo, lembrar que o atrito na hora da penetração anal é maior e logo em seguida, o pênis fica exposto a uma área normalmente contaminada por bactérias do reto. E nesse caso, a chance de uma infecção é maior e só isso pode ser causa de balanopostite. Há muitos homens que por esse motivo, não podem abrir mão do uso de preservativos.

4) Muitas vezes há uma infecção urinária e/ou no esperma. Após a ejaculação, o esperma entra em contado com a pele do pênis, principalmente se há o uso do preservativo, causando uma irritação na pele do pênis. 

Como evitar? 

1) Prevenir-se das infecções externas, que vêm do ato sexual, fazendo uso de preservativos.

2) Cuidar da higiene genital após um ato sexual, principalmente se não fizer uso de preservativos.

3) Descartar infecções urinárias e/ou no esperma, realizando exames de rotina. Já escrevi aqui nesse blog,  sobre a necessidade de todo homem gay realizar exames anualmente.

Como tratar?

1) Muitas vezes a higiene do pênis com água boricada reverte o processo. Deve ser feita no mínimo duas vezes ao dia, de preferência após um banho.

2) Uma consulta médica pode ser necessária, caso a medida acima não resolva e nesse momento, o Urologista pode necessitar de exames laboratoriais complementares ou já orientar para algum tratamento com medicamento tópico (creme, gel, pomada).

3) Há pacientes que só ficam livres definitivamente das balanopostites, realizando a cirurgia para corrigir uma fimose ou para retirar o excesso de pele (prepúcio) que cobre a glande.

Espero ter auxiliado você e conto com a divulgação desse assunto junto a seus amigos.

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

"Nesse novo ano eu quero..."

Começamos o ano sempre com a ideia de querermos coisas novas para as nossas vidas e todo início de ano gosto de repetir essa mensagem.

Um novo parceiro, muitas vezes faz parte deste desejo. E será que você está pronto para ser um homem querido, eleito para ser parceiro de alguém? Sim, porque para você ter alguém, precisará que esse alguém te queira, certo? E como estamos num blog de urologia que escreve para o homem gay, vou listar algumas sugestões para ajudar você a ser um candidato querido por alguém. A mudança tem que começar por você, se é que ela é necessária.

1) Saúde. Para saber se você está saudável, comece fazendo uma avaliação médica urológica que descarte a possibilidade de você ter contraído no passado, uma Doença Sexualmente Transmissível (DST). Uma consulta médica, um exame físico, exames de sangue, de urina e de esperma, é o necessário. Que tal obter informações sobre exames que todo homem gay deveria realizar pelo menos uma vez ao ano? Você se sentiria atraído por um homem que se mostrasse displicente com a saúde dele? E mesmo que não dê importância a isso, concorda que quando o homem pensa em relacionamento, a saúde do parceiro muitas vezes conta?

2) Sexo. Como está a sua performance sexual? Um bom desempenho sexual normalmente é o esperado, para se tornar um homem querido.
  • O orgasmo é rápido demais? Ou demora muito para acontecer? Será que não tem alguma doença por trás desse comportamento, que compromete a performance sexual? 
  • A ereção está falhando e não se sustenta? Ou pior ainda, não está mais acontecendo na hora do ato sexual? Com tanta terapia que oferece uma melhora para a rigidez de um pênis, com certeza alguma coisa pode ser feita.
  • No passado já escrevi sobre ações que podem melhorar o seu desempenho sexual e clicando aqui, você será direcionado para essa postagem.
  • E os problemas anatômicos? Será que você tem fimose e ela está incomodando? O freio do pênis dói no ato sexual e às vezes até mesmo sangra? Com certeza se algo não for feito, e aí falo de cirurgias relativamente rápidas para o reparo do problema, seu comportamento sexual pode deixar a desejar.

3) Segurança. Aí falo de prevenção para não contrair DST. Será que você realmente sabe como usar um preservativo? Não falo só de como colocar o preservativo, mas falo principalmente de quando e qual o momento certo para colocá-lo no seu pênis e/ou no pênis do seu parceiro. Se o seu pretendente perceber que você é um cara antenado com esses cuidados, você pode ganhar muitos pontos na sua avaliação. Sugiro que você clique aqui e assista a um vídeo postado no passado, falando sobre a correta forma de se utilizar um preservativo na hora do ato sexual

É lógico que muitas outras coisas são importantes para você se tornar um homem querido, mas aqui só escrevo sobre questões urológicas. Caso você tenha mais alguma sugestão, utilize o espaço de comentários abaixo para expor a sua dúvida quanto à saúde urológica do homem gay e como sempre faço, utilizarei a sua dica para novas postagens.

terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Boas Festas!!!

Desejamos a você, nosso leitor, que as festas de final de ano sejam uma comemoração pelas conquistas deste ano e ao mesmo tempo uma ação de otimismo, para que em 2017 você continue a progredir, aproveitando as chances de praticar todos os ensinamentos que o Natal nos faz lembrar que existem.

Um Feliz Natal!
Feliz 2017!