"O MAL SÓ TRIUNFA QUANDO OS HOMENS DE BEM NADA FAZEM". Edmund Burke.

quarta-feira, 14 de agosto de 2019

"Jelqing" para aumento do pênis.

A técnica de Jelqing, que parece uma "ordenha do pênis", promete aumento do pênis e nada mais é do que uma "uma massagem com estiramento" do pênis com os dedos formando um círculo, como na foto ao lado, da base do pênis até o início da glande, num estado de quase ereção total.

Com a mão direita ele forma o anel, com a mão esquerda ele traciona o pênis pela glande e faz uma compressão por todo o comprimento do pênis, menos a glande, visando aumentar o fluxo de sangue para o órgão, ao mesmo tempo que exerce um alongamento com tração. Depois, inverte as mãos, ou seja, traciona com a direita e forma o anel com a esquerda para iniciar a técnica. Importante utilizar um gel, um lubrificante para facilitar a manobra de "escorregar" o anel formado com os dedos da base à extremidade do pênis, até a glande. Há homens que chegam gastar 20 minutos aplicando a técnica.

A técnica promete aumento de pelo menos 0,5cm no tamanho do pênis, mas sempre há uma expectativa maior do paciente, não parece ser eficiente e algumas complicações podem acontecer. Por exemplo, o homem pode comprimir e tracionar o pênis com muita intensidade, gerando lesões no tecido interno do órgão que ao cicatrizarem, podem causar desvios (curvaturas, afundamentos localizados) na hora da ereção, situação conhecida como Doença de Peyronie.

quarta-feira, 31 de julho de 2019

Porque medir o pênis?

A maioria dos homens, independente da orientação sexual, se preocupa com o tamanho do pênis. O homem gay está sempre antenado na "mala", certo? E porque é importante você saber quanto mede o seu pênis?

Um dos motivos é para saber escolher o preservativo correto para usar na hora da transa.

E também acho importante saber a medida do pênis, para poder comparar com as medidas que são consideradas como a média mundial. Pênis grandes, assim como pequenos, são minoria.

Então, como medir? O pênis é medido por cima e não por baixo. O início da medição do comprimento se inicia na parte que o pênis se implanta na região dos pelos pubianos e não na bolsa escrotal. Inicie então a medição encostando a fita métrica nesta região e comprima até sentir que ela está encostando o osso da região púbica (tem que comprimir a pele e a gordura por baixo dela). E a medição termina na extremidade da glande, vista por cima.

Já a largura é medida no ponto em que o pênis é mais grosso e é feita circundando a fita métrica nessa região.

Então vamos às medidas, tanto no estado de flacidez como também no estado de rigidez, ereção.

1) Flácido: comprimento= 7 a 10 cm/ largura= 9 a 10 cm

2) Rígido, ereto: comprimento= 12 a 16 cm/ largura= por volta de 12cm.

Então, exposta a informação é hora do você conferir o tamanho do seu pênis. Como disse, saber o tamanho certo do preservativo a escolher é muito importante na prevenção contra as Doenças Sexualmente Transmissíveis. E acabar de vez, assim espero, com a sensação de que só os outros têm pênis grandes.

terça-feira, 16 de julho de 2019

Medicamentos que podem baixar a libido.

Com as atribuições da vida contemporânea ou até mesmo decorrente do envelhecimento, escuto com muita frequência homens reclamando da queda da libido. Mas é importante informar que a queda da libido pode ser decorrente do uso contínuo de alguns medicamentos. Não vou citar uma lista extensa, mas vou falar dos que mais frequentemente podem levar à queda da libido do homem.

1) Antidepressivos e como exemplo, fluoxetina.

2) Antipsicóticos, normalmente indicados para o tratamento da esquizofrenia e transtorno bipolar. Exemplos: risperidona, clozapina.

3) Benzodiazepínicos muito usados para o tratamento da ansiedade e insonia. Exemplos: alprazolam (Frontal), diazepam, clonazepam (Rivotril).

4) Betabloqueadores, usados para diminuir a pressão arterial no sangue e como exemplo, o atenolol.

5) Drogas que contenham estrogênio (hormônio feminino), usadas por exemplo, no tratamento do câncer de próstata.

6) Finasterida que tanto é usada para bloquear o crescimento benigno da próstata, como para a prevenção da queda de cabelo de origem genética.

7) Opioides, como morfina e oxicodona, no tratamento das dores crônicas e intensas.

É importante que se saiba que não necessariamente o uso desses medicamentos comprometerá a libido de um homem. Na presença da queixa, o homem deve procurar um especialista e informar sobre o uso desses medicamentos. Outras situações, como queda hormonal por exemplo, deverá ser avaliada e caso a queixa tenha como origem o uso dos medicamentos listados, as doses talvez precisem ser readequadas ou o medicamento poderá até mesmo ser substituído.

E atenção: nunca interrompa um tratamento sem o conhecimento do seu médico. Interrupções abruptas de terapia podem ter serias consequências. 

terça-feira, 25 de junho de 2019

Porque às vezes o esperma muda de cor.

Há algumas situações que podem levar à mudança da cor do esperma, que normalmente é branco leitoso. Algumas preocupam e outras não.

O esperma pode ficar vermelho, situação chamada de hemoespermia e causas para isso, são: inflamação, infecção, trauma na próstata no ato sexual, biópsia, aumento da próstata com a idade, são as mais comuns. Na maioria das vezes não há uma causa a se identificar e a situação não costuma ser problemática e se resolve espontaneamente.

Também pode ficar amarelado decorrente de um período longo sem ejacular, DST (doença sexualmente transmitida), icterícia (uma condição de mau funcionamento do fígado que deixa o homem com olhos e pele amarelados), alimentos com corantes.

O esperma esverdeado costuma ser decorrente de DST, inflamação e/ou infecção da próstata (prostatite).

A mudança da cor do esperma pode vir acompanhada de queixas como ardor no canal urinário, saída de secreção pelo canal da urina, febre, calafrios, sangue na urina. Apresentando uma dessas condições, é importante procurar um urologista. Mas muitas vezes em menos de uma semana, se não há nada importante como causa, o aspecto do esperma volta espontaneamente ao normal.