"O MAL SÓ TRIUNFA QUANDO OS HOMENS DE BEM NADA FAZEM". Edmund Burke.

quinta-feira, 15 de outubro de 2020

O desejo sexual diminui com o envelhecimento?

  

A maioria dos homens perde a libido (o desejo pelo ato sexual) ao envelhecer. Mas isso não é uma regra para todos. A saúde do homem, assim como o seu estilo de vida e situação social, influenciam bastante.

A testosterona, que é o hormônio masculino responsável pelo aparecimento da libido, começa a ser produzida na  puberdade e o declínio de produção ocorre a partir dos 30 anos, sendo que anualmente há uma diminuição de 1%. A diminuição na qualidade da ereção, alterações de humor e uma fraqueza física podem também começar a aparecer em decorrência disso.

Sabe-se que investir em qualidade de vida, como dietas saudáveis, atividade física individualizada, podem oferecer melhora dessas queixas acima, como decorrência da queda hormonal.

Entretanto, nem sempre a queda hormonal é a principal causa para a queda da libido associado ao envelhecimento do homem e às vezes há causas mais evidentes, como:

1) Doenças como Diabetes e de origem cardiológicas.

2) Medicamentos de uso contínuo (antidepressivos, para controle de pressão arterial do sangue, opióides como analgésicos).

3) Distúrbios de comportamento como ansiedade, depressão, estresse do dia-a-dia com doenças familiares, dificuldades financeiras, problemas de relacionamento.

Nem todo homem se queixa de queda do desejo pelo sexo com o envelhecimento, embora a maioria relate. Sabe-se que investir em qualidade de vida e manter-se o mais saudável possível, são condições que podem ter um impacto positivo na qualidade sexual do homem. Invista nisso!